Agronegócio 2.0: 4 benefícios da evolução tecnológica no campo

 em Agronegócio

A introdução de novas tecnologias é um diferencial para os produtores rurais melhorarem a qualidade da sua lavoura e, dessa forma, aumentarem o faturamento com os alimentos. O agronegócio 2.0 é o conjunto de técnicas que aumenta a eficiência da produção, com inovações para facilitar o trabalho no campo.

Esse conceito está relacionado com a agricultura de precisão e o uso de GPS e drones, entre outros métodos. A principal vantagem é diminuir as perdas com doenças e variações climáticas e maximizar a produção — sem que isso cause problemas para o meio ambiente.

Neste artigo, reunimos quatro benefícios das inovações tecnológicas para o campo brasileiro. Continue a leitura e veja como elas são úteis para a sua lavoura!

1. Eficiência na produção

O principal benefício do agronegócio 2.0 nas lavouras é o aumento da produção sem a necessidade de avançar no desmatamento. A utilização de drones e sensoriamento remoto gera mais informações sobre o solo e as plantas, o que permite o uso correto dos insumos em cada área e a aplicação dos defensivos agrícolas com moderação.

A diminuição da área plantada também é uma vantagem. Segundo dados da NASA, o Brasil tem 7,6% de seu território ocupado por lavouras, o que é bem menor do que outros países como Dinamarca (76,8%) e Irlanda (74,7%). Isso não significa perdas na produção, já que o país alcançou uma safra recorde de grãos em 2017.

2. Modernidade nos equipamentos

A Internet das Coisas (IoT) é a criação de uma rede entre os objetos sem interferência humana, o que reúne dados para melhorar a vida das pessoas. No campo, essa tecnologia aparece nas máquinas modernas, que produzem relatórios sobre o solo e podem indicar soluções para a correção da acidez.

Já os drones, que são pequenas aeronaves com câmeras acopladas, sobrevoam as lavouras e produzem imagens para acompanhar a produção, que podem ser integradas com softwares. Com elas, é possível perceber a existência de pragas, conter as queimadas nos seus primeiros focos e avaliar se a irrigação está funcionando corretamente.

3. Melhora na distribuição dos insumos

As condições climáticas e a variabilidade do solo são dois problemas recorrentes no agronegócio. Para contornar isso, a agricultura de precisão é uma técnica que acompanha todo o processo produtivo e, com o uso da tecnologia, indica os insumos que cada área deve receber e a ocorrência de doenças e pragas.

Respeitar os nutrientes que existem no solo é fundamental para manter as terras produtivas pelos próximos anos. O uso indiscriminado de fertilizantes compromete a saúde da plantação e diminui a qualidade dos produtos agrícolas. Outras inovações, como o big data, permitem encontrar a distância ideal entre as linhas.

4. Cuidado com o meio ambiente

As novas tecnologias permitem que os produtores rurais tenham mais eficiência na sua lavoura, o que também maximiza a preservação do meio ambiente. Com a utilização da quantidade correta de fertilizantes e insumos, o solo mantém o seu nível de nutrientes, o que é possível pela agricultura de precisão.

A preservação da vegetação nativa no Brasil é de 66% — considerado um ótimo número em relação a outros países. A aplicação de soluções tecnológicas otimiza a utilização de energias renováveis, como a eólica e a solar, e garante a economia de água por meio de processos de irrigação mais inteligentes.

A aplicação das técnicas do agronegócio 2.0 é fundamental para atender ao mercado consumidor atual, que é mais exigente e procura alimentos orgânicos e sustentáveis. Além disso, a tecnologia melhora a preservação das lavouras e garante uma produção eficiente para os próximos anos, com produtos de maior qualidade e terras mais férteis.

As informações que disponibilizamos foram relevantes? Para ter acesso a mais conteúdo sobre o agronegócio, curta a página no Facebook da Softfocus e fique sempre por dentro!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

agricultura familiarimposto de renda para produtor rural
%d blogueiros gostam disto: