Entenda como foi o ano do Proagro em 2018 e o que podemos esperar para o ano que vem

 em Seguro agrícola

Conhecer o balanço econômico do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (PROAGRO) é muito importante para tomar nota sobre os ciclos culturais e a sazonalidade característica das safras agrícolas regionais.

A partir desse acompanhamento, é possível entender as principais tendências de cobertura do seguro, os níveis de riscos históricos e as melhorias no setor, o que facilita as decisões nessas situações.

Neste post, mostramos o resumo do Proagro no Brasil em 2018 e quais são as expectativas previstas para 2019. Boa leitura!

Qual é o resumo do Proagro no Brasil em 2018?

De acordo com Etileiver Paludo, gerente de crédito da Cresol Central, na safra passada (2017/2018), as cooperativas não utilizaram o programa Proagro Fácil de forma efetiva, uma vez que ele ainda se encontrava em fase de testes iniciais — e por isso não foi tanto utilizado.

Desse modo, não se pode notar um crescimento significativo na contratação do seguro. Isso significa que os números foram similares ao das safras passadas, mantendo-se em uma constância.

Para se ter uma ideia, o valor do montante de crédito rural contratado no ano agrícola de 2017/2018 (julho/2017 a junho/2018) foi de R$171,4 bilhões, apenas 11,6% maior que o contratado no ano agrícola 2016/2017.

Por outro lado, na atual safra (2018/2019), o Proagro Fácil já está em uso. Com uma implementação gradativa, ele ainda passa por constantes mudanças para se adaptar melhor às necessidades dos usuários.

Mesmo assim, o programa já contribui de forma substancial. Ele permitiu agilizar bastante o julgamento das cooperativas (COPs), que são as comunicações de perda no Proagro. A automatização do programa permite não só dinamizar o processo, como melhorar a conformidade das análises.

A expectativa é de que o programa rode ainda melhor no próximo semestre.

Quais são as melhorias previstas para o Proagro em 2019?

Com o intuito de melhorar o sistema de contratações do Proagro por meio de financeiras, o Banco Central lançou o programa Lift, coordenado pela FENASBAC, que tem como objetivo encontrar fintechs e startups que apresentem um tipo de solução para os eixos BC+, eixos estruturantes do Banco Central de inovação para os próximos anos.

Esses eixos estão no campo do aperfeiçoamento do sistema, que libera o crédito para os produtores rurais. O programa Lift tenta fazer uma espécie de incubadora virtual, em que algumas startups do Brasil são selecionadas para receber mentoria do Banco Central e da FENASBAC, os quais ajudam as empresas no desenvolvimento e validação de projetos.

O processo de seleção já foi finalizado, e dentre as escolhidas, a Softfoccus destacou-se por se enquadrar perfeitamente no eixo de sistema financeiro eficiente, ao apresentar o seu projeto totalmente alinhado com os eixos estruturantes do BC+.

A Softfocus foi uma das startups selecionadas com o seu projeto arrojado, em meio a 30 startups brasileiras inscritas no programa.

Qual é a importância do Programa Lift Bacen para o setor financeiro no Brasil?

O programa Lift (Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas) tem como meta aproximar instituições financeiras consolidadas de startups e fintechs que desenvolvem softwares inovadores para o sistema financeiro, contribuindo para a agilidade na liberação do Proagro.

Segundo Alessandro Graczyk Moraes, CEO da Softfocus, o protótipo desenvolvido pela empresa tem um viés sustentavelmente simples, com toda a sistemática atual que as instituições financeiras possuem para operar o seguro Proagro. Ele explica que o seguro é amparado pelo seguro do Banco Central e ajuda nas operações de crédito rural.

Para operar esse seguro, as instituições financeiras precisam seguir uma série de regulamentações aplicadas pelo Banco Central. São elas as responsáveis por fazer a operação de julgamento do acionamento do Proagro. Nessa operação, é necessário contratar um perito ou técnico para fazer a perícia da lavoura do beneficiário e identificar se houve perda de produtividade significativa a ponto de receber o benefício.

A partir desse processo, é elaborado o laudo pericial, documento que é encaminho à instituição financeira junto com as escrituras necessárias, afim de que seja feita a avaliação para concessão ou não do seguro.

O beneficiário deve emitir todos os comprovantes fiscais de todos os insumos e matérias-primas utilizados no replantio para a indenização. A instituição financeira tem de averiguar se o produtor rural usou os insumos corretos para justificar o pagamento do ocorrido.

O banco somente realiza o pagamento se o produtor rural tiver tomado os devidos cuidados para o plantio adequado, conforme propõe a assistência técnica inicialmente contratada no projeto de custeio da operação.

O programa Lift contribui para agilizar todo esse processo, além de proporcionar maior controle na liberação de verbas para suprir as ocorrências.

O que esperar de um software de gestão de Proagro para o sucesso do trabalho?

Para o CEO da Softfocus, um software de gestão de Proagro como o da Softfocus torna mais fácil todo o procedimento de levantamento da documentação, análise das informações periciais, indenização e geração de documentos oficiais exigidos pelo Banco Central.

O sistema, que pode ser aplicado por instituições de pequeno à grande porte, automatiza todas as tarefas, trazendo ganho de produtividade e assertividade na liberação do seguro pelo setor financeiro. Quanto à instalação, ele é armazenado na nuvem, o que elimina qualquer complexidade e facilita o acesso no dia seguinte.

Cumprir todas as normativas do Banco Central e agilizar os processos internos são os grandes diferenciais do sistema da Softfocus, capaz de reduzir o tempo que uma instituição leva para fazer o julgamento do pagamento para beneficiários. Em média, o procedimento levava até 45 dias, mas agora em poucos dias é possível obter resultados.

O maior beneficiário, no final das contas, é o produtor rural, que recebe rapidamente a indenização para poder subsidiar os seus custos com a nova plantação.

Como visto, a tendência é só de melhoria para a liberação do Proagro. O poder público, na parceria de empresas inovadoras como a Softfocus, busca cada vez mais a eficiência no acolhimento das demandas do produtor rural.

Agora que você conhece as expectativas para o Proago 2019, entre com contato conosco da Softfocus e conheça melhor o nosso software qualificado para atender as necessidades do seu cliente.

Powered by Rock Convert
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Proagro Fácil
%d blogueiros gostam disto: