O que você precisa saber sobre o custo efetivo total do crédito rural?

 em Crédito Rural

Quem trabalha no campo sabe da importância das operações de crédito disponíveis  para fomentar a produção agrícola. O custo efetivo total do crédito rural é um importante indicador econômico que permite ao produtor planejar suas operações, bem como fazer uma avaliação criteriosa acerca da viabilidade da contratação do empréstimo.

Em razão da relevância desse indicador, o Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou que as instituições financeiras terão que disponibilizar as informações referentes ao custo total que recairá na contratação do empréstimo para a produção agrícola. Acompanhe o texto na íntegra e descubra o que muda a partir do próximo Plano Safra.

Quais as mudanças exigidas pelo SICOR?

O custo efetivo total consiste na representação numérica das despesas que terão de ser adimplidas pelo produtor rural ao tomar um empréstimo de uma instituição financeira. Essa rubrica comporta alguns dos seguintes itens:

  • taxas de juros;
  • remuneração da instituição;
  • impostos;
  • tarifas bancárias;
  • seguros.

Trata-se de um indicador que subsidia a decisão do produtor acerca do melhor momento para contratar um empréstimo. Em vista disso, o Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou a obrigatoriedade de que as instituições financeiras passem a divulgar informações transparentes sobre esse indicador. Tal regulamentação entrará em vigor a partir do mês de julho de 2019.

Quais as adaptações a serem feitas pelas instituições financeiras?

Sob a perspectiva das instituições financeiras, a medida produzirá seus efeitos no modo como elas terão que disponibilizar tais informações de maneira detalhada em suas plataformas. Isso resultará em uma reestruturação nas rotinas e na maneira como são oferecidos os serviços.

Os recursos em tecnologia terão que apresentar soluções que vão ao encontro das novas regulamentações. Para tal, cooperativas e instituições bancárias, nos próximos meses, precisarão passar por uma reformulação nos seus processos, a fim de otimizar a análise e a concessão de crédito.

Para que isso ocorra, tais instituições precisarão apostar em parcerias com empresas especializadas em desenvolver novas tecnologias. Serviços tecnológicos, como o de comunicação com o Banco Central e a análise de risco na concessão do crédito, são alternativas que podem ser atualizadas por meio da atuação de empresas como a SoftFocus.

Powered by Rock Convert

Quais as implicações práticas do ponto de vista do consumidor?

Os benefícios para os produtores provêm da possibilidade de acesso a informações disponibilizadas de forma detalhada e transparente. Isso lhes proporcionará parâmetros que subsidiarão análises comparativas acerca de qual instituição apresenta a melhor proposta de concessão de crédito.

Além disso, no médio e longo prazos, as novas diretrizes poderão contribuir para que ocorra uma redução dos níveis de inadimplemento. Isso é possível em razão da possibilidade dos produtores rurais fazerem análises e projeções futuras dos impactos de tais custos no orçamento.

Agora que você conhece as principais informações a respeito do custo efetivo total do crédito rural, já está pronto para começar a pesquisar a respeito de como implementar as alterações exigidas no seu negócio.

Fique à vontade para procurar outras informações sobre o tema. Porém, caso tenha dúvidas, entre em contato com um de nossos consultores. Tenha a certeza de que a SoftFocus conta com soluções tecnológicas sob medida para sua empresa.

Powered by Rock Convert
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

relacionamento com o clienteprojeto de crédito rural
%d blogueiros gostam disto: