Por que fazer gestão de crédito? Entenda as vantagens!

 em Agronegócio

Fazer a gestão de crédito é uma prática, infelizmente, ainda pouco adotada entre os produtores rurais. Amostra disso é a inadimplência por parte deles em novembro de 2018, segundo o Banco Central, que representou 10,3% do total de operações de crédito rural, valor equivalente a R$ 306,8 bilhões.

A alta taxa de endividamento acontece, muitas vezes, porque o risco de descumprimento do contrato não é avaliado, o que gera concessões sem as devidas garantias de pagamento e carentes de segurança. Por isso, a administração do crédito baseada nas melhores práticas do mercado é essencial no processo de requisição.

Quer saber mais a respeito do assunto? Neste artigo, explicamos mais a fundo a importância da gestão de crédito e suas vantagens, bem como o que devemos levar em consideração ao fazê-la. Então vamos prosseguir!

Por que fazer gestão de crédito?

O maior propósito da gestão de crédito é reduzir a inadimplência. Acumular dívidas é algo bastante crítico para o produtor rural, dados os riscos de venda ou arrendamento da terra visando à quitação. E gerenciar esse risco implica análises e estudos que conduzam a um planejamento satisfatório.

Na prática, a gestão contribui, trazendo ao agronegócio previsibilidade de despesas. Na medida em que se pode prever as obrigações para determinado mês, semestre ou ano, é possível alocar os recursos financeiros mais adequadamente.

Contudo, a gestão de crédito não se trata apenas de se prevenir de endividamentos e prejuízos financeiros, mas, também, de montar uma base de relações com bons pagadores. Em suma, trata-se de uma atividade benéfica para todos os envolvidos.

Quais são as vantagens da gestão de crédito?

Agora que conhecemos os principais motivos que tornam crucial a gestão de crédito, vamos explorar brevemente as vantagens em adotá-la. São elas:

  • gerenciamento de crise – o produtor compreende os prazos e os motivos para o descumprimento dos contratos e, antecipadamente, planeja ações para mitigar as consequências e/ou quitar o débito pendente;
  • concessão de crédito segura – o planejamento envolvido na gestão de crédito contribui para que as solicitações sejam aprovadas de acordo com os requisitos de segurança do investimento, reduzindo os riscos de inadimplência;
  • agilidade na liberação de crédito – propostas bem-elaboradas e compostas por todas as informações de que as instituições financeiras necessitam são mais propensas a rápidas aprovações, e isso envolve análise minuciosa por parte do gerente;
  • relacionamento com bons pagadores – instituições financeiras e credores passam a construir boa relação com produtores rurais que fazem os pagamentos em dia.

Como vimos, há benefícios consideráveis que vão além da prevenção à inadimplência e que influenciam positivamente no crescimento dos negócios.

Como gerir crédito corretamente?

A tarefa não é simples, e, sim, há uma série de desafios, tais como: falta de acesso a dados cruciais para análise, necessidade de sistemas desenvolvidos para esse tipo de operação, cumprimento de requisitos regulamentares etc. Mas como superá-los? A seguir, elencamos três dicas preciosas.

Conheça os riscos

Antes de aprovar uma solicitação de crédito, tenha o pleno conhecimento dos riscos envolvidos no negócio, sobretudo se a atividade do produtor rural gera rendimentos compatíveis com o financiamento — para isso, é essencial que se tenha em mãos o projeto técnico.

Promova políticas de concessão

Estabelecer limites em relação a valores pode inviabilizar algumas oportunidades de negócio? Na verdade, seguir critérios mais rigorosos, por mais que envolvam restrições financeiras, é um meio de reduzir o impacto de eventuais inadimplências e, até mesmo, escapar de fraudes.

Automatize processos por meio de software

Ter acesso a informações e atender às regras estabelecidas pelos bancos são ótimos exemplos de itens que um software financeiro é capaz de otimizar a partir da automação. No entanto, é preciso atentar-se à experiência do fornecedor em lidar com a rotina de credores e aos valores que o sistema se propõe a entregar.

Chegamos ao fim de mais um artigo. Desta vez, você pôde conhecer melhor o conceito de gestão de crédito, desde a importância a algumas melhores práticas de como a implantar. Se você gostou das informações que viu até aqui e não quer perder mais nenhuma novidade, siga-nos via Facebook, LinkedIn ou Twitter!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

crescimento sustentável
%d blogueiros gostam disto: