Descubra 4 dicas de como otimizar o uso de fertilizantes na lavoura

 em Dicas

Nas últimas décadas, o crescimento populacional avançou muito mais do que o da produção agrícola, em termos de velocidade e quantidade, o que gerou necessidade para que medidas específicas fossem tomadas pelos produtores para atender à demanda. Dito isso, o uso de fertilizantes tornou-se uma forma de produzir mais e em menor área.

Contudo, ainda existem muitas dúvidas em torno do assunto, como a análise da qualidade do solo, o uso de tecnologias, a identificação de deficiências das culturas, a época ideal para utilizar cada tipo de produto, entre outras.

Com base nesse contexto, preparamos este conteúdo para que você conheça as principais medidas para otimizar o uso de fertilizantes em sua lavoura. Acompanhe o artigo para saber mais sobre o assunto!

Por que o uso de fertilizantes de forma correta é importante para a lavoura?

Porque são fontes ricas em nutrientes necessários para o desenvolvimento das plantas, sem os quais elas não sobrevivem. O grupo de nutrientes que compõe os fertilizantes é dividido em:

  • orgânicos — oxigênio, hidrogênio e carbono (provenientes da água e do ar);
  • minerais — cálcio, potássio, fósforo, magnésio, ferro, enxofre, nitrogênio, boro, cobre, zinco, molibdênio e manganês.

O segundo grupo deve ser administrado quando há necessidade de adubação, pois os teores estão insuficientes no solo, o que limita que as plantas se desenvolvam e cresçam.

Quais problemas o uso inadequado pode causar?

O motivo pelo qual as plantas de sua lavoura não estão crescendo, florescendo ou se mantendo firmes e fortes pode estar diretamente ligado à ausência de nutrientes no solo.

Por isso, a falta de uso de fertilizantes pode comprometer a produção da lavoura a ponto de o produtor perder prazos de entrega e até mesmo culturas inteiras que não vingaram por falta de nutrição, o que compromete diretamente a lucratividade do negócio.

Como otimizar o uso de fertilizantes na lavoura?

Agora que você já tem uma noção mais ampla sobre a importância da aplicação de fertilizantes no solo, mostraremos algumas práticas úteis para otimizar sua produção agrícola.

1. Saiba o momento certo de iniciar o uso de fertilizantes

Para tirar o máximo de proveito da sua produção, é importante entender o momento ideal para iniciar o uso de fertilizantes. Em geral, deve começar a partir da terceira ou quarta semana do ciclo de vida da planta.

Essa medida é essencial, já que muitos produtores acreditam, equivocadamente, que a aplicação de fertilizantes só deve ocorrer no momento do plantio. O fato é que a planta necessita de luz e água.

O recomendado é começar a aplicar fertilizantes em doses baixas e ir aumentando gradativamente até que atinja a quantidade indicada pelo próprio fornecedor no rótulo do produto.

Algumas dicas úteis para saber melhor o momento ideal para iniciar o uso de fertilizantes são:

  • água e luz — entre a germinação até as três primeiras semanas de vida;
  • fertilizante rico em nitrogênio — a partir da terceira semana;
  • produtos ricos em nutrientes, como cobre, ferro, magnésio, manganês, molibdênio, boro, fósforo, potássio etc. — para suprir as demandas;
  • fertilizante rico em fósforo e potássio — a partir da sexta semana.

Vale destacar, ainda, que, à medida que a necessidade de nitrogênio diminui, é preciso aumentar a quantidade de fósforo, potássio e microelementos. Além disso, dê uma atenção especial — na fase floração — ao excesso de nitrogênio, pois pode afetar o desenvolvimento das culturas.

2. Conheça os critérios para adotar o fertilizante mais adequado para sua lavoura

Para aplicar o produto correto, é imprescindível identificar em qual fase de desenvolvimento a planta se encontra, pois é a partir daí que o produtor pode avaliar quais são as suas necessidades de nutrientes do momento. O que queremos dizer é que cada fase exige um tipo (ou conjunto) de nutriente específico, como mostramos no tópico anterior.

É importante lembrar-se de que, para garantir o aporte dos demais nutrientes — em especial quando o cultivo é aeropônico, hidropônico ou com substratos inertes —, deve-se redobrar a atenção sobre qual tipo de fertilizante escolher.

3. Decida entre fertilizantes minerais ou orgânicos

Por falar em tipos de fertilizantes, vamos abordar novamente o fato de que existem duas linhas principais de produtos: orgânicos e minerais. Utilizá-los sem qualquer critério é algo que pode causar problemas graves, já que a superdosagem — conhecida pelo termo overfert — pode matar as plantas.

Por conterem uma concentração de nutrientes específicos para atender às necessidades da planta, se forem aplicados erroneamente, podem queimar as folhas (um dos primeiros sinais de superdosagem).

Decidir sobre o tipo de fertilizante a ser aplicado depende diretamente do estágio de desenvolvimento em que a planta está (além das necessidades de cultivo para cada cultura). Os orgânicos, por exemplo, favorecem o crescimento das raízes por ajudarem a reter mais água.

Já os minerais proporcionam ao produtor mais controle do cultivo em termos de quantidade de nutrientes, o que é ótimo para combater pragas e doenças. Contudo, exigem mais atenção para que não ocorra erro de dosagem.

4. Utilize tecnologia

Felizmente, na era da informação e das soluções digitais, existem softwares até mesmo para melhorar o processo de aplicação de fertilizantes e corretivos. Para que você tenha uma ideia, essa prática tem se difundido bastante no setor agrícola, pois ajuda os produtores a otimizarem suas aplicações.

As ferramentas tecnológicas voltadas para o setor agrícola podem ser utilizadas em diversos momentos da cadeia produtiva, como na amostragem do solo. Além disso, esses sistemas ajudam no planejamento da produção e no acompanhamento da safra, de modo que todas as informações sejam controladas e permaneçam ao alcance do gestor.

Como a Softfocus pode ajudar seu negócio agrícola a prosperar?

Você sabia que a Softfocus pode financiar sua produção por meio de soluções perfeitas para o segmento da agricultura? Caso a falta de recursos financeiros para investir em tecnologias e ferramentas adequadas seja o problema que está impedindo seu negócio de prosperar nesse sentido, não hesite em solicitar um empréstimo agora mesmo!

Como você pôde conferir, o uso de fertilizantes é indispensável para que uma lavoura se desenvolva saudável e produtivamente. Contudo, é muito importante saber o momento certo para aplicar esse tipo de produto, analisar a qualidade do solo e, sempre que possível, contar com tecnologias inovadoras.

Quer entender melhor como podemos ajudar seu negócio agrícola a alcançar os melhores resultados e se tornar uma empresa competitiva? Então, entre em contato com a gente para saber mais sobre nossas soluções!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

perda da lavoura
%d blogueiros gostam disto: